Como se tornar um voluntário

Home / De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer / Como se tornar um voluntário

O programa De Bem com Você – a Beleza contra o Câncer, oferece a seus voluntários um curso livre de capacitação.

Se quiser participar do programa, faça a sua inscrição.

















Procurei o programa De Bem com Você porque queria fazer alguma coisa para resgatar a autoestima das mulheres com câncer. Tive uma experiência muito marcante. Perdi uma amiga com câncer e durante o tratamento dela senti a necessidade de fazer alguma coisa para ajudá-la. Ela estava sempre inchada, às vezes sequer conseguia calçar os sapatos mas tinha uma alegria e vontade de viver invejável. Sempre que ela podia, saíamos para que pudesse arejar e se divertir um pouco. Mas na fase do tratamento em que os cabelos começaram a cair as coisas mudaram, ela não queria sair de casa, não queria ver ninguém, se sentia feia. Nesse momento senti que algo precisava ser feito com urgência. Comprei muitos lenços e uma peruca. Ela não se adaptou aos lenços, não conseguia amarrar …eles escorregavam….chamava mais a atenção das pessoas. E quando partimos para a peruca, depois de muita resistência porque ela achava uma coisa bizarra, tudo mudou.

Comprei uma peruca com corte bem moderno, curto e até com luzes. E ao experimentar a peruca vi nascer diante dos meus olhos uma nova mulher. Ela gritava de felicidade! Não se continha…..e falava  a todo momento que estava linda! Foi o melhor presente que eu já dei na minha vida! Nesse momento eu senti que precisava fazer isso outras vezes, muitas vezes. Me sinto extremamente feliz em poder devolver o sorriso das mulheres que participam do programa. “Não tenho palavras para expressar o tamanho da felicidade em resgatar a autoestima de uma pessoa, mesmo que momentaneamente. Me sinto realizada”.

Rosimeire Soler da Silva Montagne
Coronel da Reserva da Polícia Militar de São Paulo
Voluntária no Programa DBVC

Conheci o programa De Bem com Você através de um colega de profissão que também fazia parte do projeto. Estar aqui não é um trabalho para mim , levo com muita seriedade e compromisso, mas estar no DBCV é uma oportunidade única de dividir um pouco do meu conhecimento e aprender ainda mais com todas as pessoas que tenho a honra de conhecer.

O DBCV mudou e muda todos os dias a minha vida, pois é um eterno aprendizado e em todos os aspectos, mas principalmente me torno um ser humano melhor todos os dias. Este Programa representa para mim solidariedade, humanidade, oportunidade e crescimento pessoal e profissional;

Amo e acredito no DBCV!

Sonia Sawicki
Voluntária no Programa DBVC

O DBCV é uma das coisas mais importantes da minha vida. Quando a gente entra em contato com essas mulheres, percebe como os nossos problemas ficam pequenos. Aprendo uma lição em cada oficina e isso me transforma sempre. Conheci várias voluntárias, trocamos experiências. São muitas pessoas do bem.

Acho essa iniciativa muito importante para essas mulheres. Quando recebem o diagnóstico de câncer, logo se desesperam. Mas quando passam por essas oficinas, elas conseguem se enxergar de uma outra forma. Se olham naquele espelhinho e descobrem que ainda existe ali a essência daquela mulher que elas foram. E muitas delas, mesmo as que não usavam maquiagem, passam a incorporá-la nas suas vidas e a se sentirem muito mais bonitas.

Acontece uma transformação na vida delas e na nossa também porque a gente aprende a levar a vida com mais leveza. Percebemos que os problemas podem, às vezes, ficar de lado algumas horas e que a gente precisa se cuidar. Precisamos tirar um tempinho para nós. Isso é muito importante. Independente de estar em tratamento ou não, as mulheres precisam se olhar no espelho, gostar do que estão vendo e saber que devem ter o tempo delas também.

Rosana Cerri
Voluntária no Programa DBVC